Edições anteriores

Os Colóquios Internacionais “A educação pelas imagens e suas geografias” em seus dez anos de existência, têm se consolidado pela promoção de pensamentos e experimentações em torno das múltiplas conexões da tríade de áreas que lhe nomeia (imagens, geografias e educação), bem como pelo fomento à discussão da imagem na educação geográfica em vários níveis de pesquisa, da Iniciação Científica ao Pós-doutoramento. Têm, por isso, se constituído como o mais importante locus de divulgação e de reflexão sobre as pesquisas na tríade imagens-geografias-educação junto aos professores pesquisadores, pós-graduandos e graduandos do Brasil.

As publicações da rede de pesquisa “Imagens, Geografias e Educação”, que são articuladas em torno dos colóquios, compõe um referencial importante para o fomento à pesquisa e à pós graduação.

Pequeno histórico dos Colóquios e seus registros

A primeira edição do Colóquio Internacional “A educação pelas imagens e suas geografias” foi realizada em 2009, na FE-Unicamp e marcou a institucionalização da rede de pesquisa “Imagens, Geografias e Educação”. Deste primeiro colóquio foram publicados os dossiês “A educação pelas imagens e suas geografias”, na revista Pro-posições e “Imagens, Geografias e Educação”, na revista Educação Temática Digital. Desdobrou-se deste primeiro Colóquio a formulação do projeto de pesquisa que permitiu o fortalecimento da Rede, com financiamento do CNPq.

A segunda edição foi realizada em 2011, na EACH-USP e dela foi publicado número especial da revista Geograficidade e o livro “Grafias do Espaço: imagens da educação geográfica contemporânea” (Ed. Alínea, 2013). Das discussões deste colóquio desdobrou-se a elaboração dos dossiês temáticos “Paisagens inundadas: experimentações escolares e(m) imagens”, na Revista Brasileira de Educação em Geografia e “Mapas Rizomáticos e Novas Cartografias”, na revista RaeGa, e a publicação do e-book “Imagens, Geografias e Educação: intenções, dispersões e articulações” (Ed. UFGD, 2013).

A terceira edição foi realizada em 2013, na UFES, da qual derivou um volume especial da revista Geografares e os anais eletrônicos do evento. A partir desta edição foi elaborada uma página própria para publicação dos anais que permitiu a obtenção de ISSN próprio: 2318-8340.

A quarta edição foi realizada em 2015, na ESEBA-UFU e dela foram publicados os anais eletrônicos, um número especial da revista Olhares & Trilhas e o e-book “Encontros, Derivas e Rasuras: Potências das imagens na educação geográfica” (Ed. Assis, 2017). Neste colóquio deliberou-se a execução da pesquisa “As telas da escola: cinema e professores de Geografia”, na qual se engajaram todos os polos da rede.

A quinta edição realizou-se em 2017 na Udesc e dela foram publicados os anais eletrônicos. Textos de mesas redondas foram convertidos em artigos e compõem um dossiê na revista Punto Sur, da Universidad de Buenos Aires, com previsão de publicação para o primeiro semestre de 2020.

%d blogueiros gostam disto: