Apresentação

Campinas/SP, 08 a 10 de novembro de 2021.

COMUNICADO IMPORTANTE: NOVO ADIAMENTO

O VI Colóquio Internacional “A educação pelas imagens e suas geografia” foi adiado para o período de 08 a 10 de novembro de 2021. As inscrições estão suspensas. Em breve divulgaremos o novo cronograma. A programação ainda poderá sofrer ajustes.

A proposta e inovação dos Colóquios Internacionais “A educação pelas imagens e suas geografias” é investigar as imagens e as linguagens que lhes dão origem e sustentação, considerando que a dimensão pedagógica inerente a estas imagens atua nos processos de subjetivação e no pensamento acerca do espaço geográfico. Tanto as imagens mais comumente consideradas como geográficas (mapas, fotografia aéreas, imagens orbitais) como aquelas relativamente menos presentes na produção material da geografia acadêmica e escolar (desenhos, fotografias, pintura, cinema, televisão) são focos analíticos. Por elas e com elas podemos traçar linhas de ações teóricas e políticas capazes de nos instigar para além do já dado e do clichê, para outras geografias possíveis em outros processos de educação necessários.

A pesquisa em geografia e educação sobre imagens habitualmente considera a linguagem como melhor forma de expressar um determinado conteúdo para o ensino da Geografia. O investimento na linguagem como instauradora de novas geografias muda o foco deste hábito, pois entende que “o que” se diz varia de acordo com o “como” se diz. Portanto, compreende a linguagem como produtora de mundos – e de geografias. É este o enfoque que marca a pesquisa “As telas da escola: cinema e professores de Geografia” realizada pela rede, que visa investigar a escolha e a utilização de filmes em aulas de Geografia no ensino básico objetivando, a um só tempo, colaborar com a regulamentação da Lei 13006/2014, que inclui o cinema nos projetos pedagógicos, ao obrigar a exibição de filmes de produção nacional nas escolas de educação básica por, no mínimo, duas horas mensais, e fazer ampliar entre a comunidade escolar as possibilidades produção na linguagem cinematográfica como modo de expressão de geografias.

O VI Colóquio Internacional “A Educação pelas Imagens e suas Geografias” visa ampliar a discussão sobre os aportes científicos, artísticos e filosóficos, bem como a produção e experimentação em processos de criação/produção de imagens que falem da espacialidade contemporânea e a disseminação da produção, colaborando com o fortalecimento da área de pesquisa. Especificamente, destacam-se como suas finalidades:
• Reunir pesquisadores e estudantes de pós-graduação brasileiros e estrangeiros estudiosos das imagens na produção do conhecimento geográfico;
• Discutir a educação visual que as imagens realizam no mundo contemporâneo e o poder delas para configurar e circular o conhecimento geográfico;
• Possibilitar um aprofundamento do diálogo interdisciplinar na interface de três áreas de conhecimento: a Geografia, a Educação e o estudo das imagens;
• Entender a participação das imagens na criação de outras geografias e a leitura das mesmas no acontecimento de geografias menores;
• Debater as relações e tensões existentes entre a ideia de representação e a presença das imagens como forma de delinear potencialidades de pensamentos diferenciais que estabeleçam novos sentidos para as imagens;
• Aprofundar no entendimento do papel da leitura e produção das imagens na capacitação do geógrafo (professor e/ou pesquisador) quanto ao domínio e enriquecimento da linguagem geográfica;
• Socializar, por meio de apresentação de trabalhos, as diversas pesquisas sobre as imagens, assim como as várias atividades do coletivo de pesquisadores envolvidos com a rede “Imagens, Geografias e Educação”;
• Fortalecer a rede “Imagens, Geografias e Educação”, congregando pesquisas e atividades, de maneira a enriquecer os referenciais teóricos e os futuros desdobramentos de suas ações;
• Fortalecer os programas de pós-graduação e os grupos de pesquisa que formam a rede, favorecendo o intercâmbio de pesquisadores, estudantes de pós-graduação e fomentando ações institucionais, tais como acordos de cooperação.

Neste colóquio a linguagem do cinema estará em evidência considerando o aspecto legal já citado, a produção acadêmica da rede, o diálogo com pesquisadores nacionais e internacionais e a relevância social que o tema apresenta, tendo sido tema de redação do Exame Nacional do Ensino Médio ENEM-2019 e ocupado recentemente espaço nas mídias a partir da indicação do filme brasileiro “Democracia em Vertigem” à premiação do Oscar. A contribuição esperada para os profissionais envolvidos no evento é a troca de experiências, sensibilidades e pensamentos que as imagens agenciam e potencializam, bem como o fomento aos aspectos teóricos e metodológicos dessa abordagem, fortalecendo e qualificando o campo de pesquisa. Constitui ainda uma oportunidade de discussão e produção sobre diferentes tipologias imagéticas dotadas de sentido espacial que têm um determinado modo de elaboração e de abordagem, o que reverbera nas diferentes formas que nos afetam, permitindo ampliar e aprofundar pensamentos no campo da educação visual em geografia. O aprofundamento teórico e prático sobre a linguagem do cinema será possibilitado por meio das mesas redondas, da sessão de cineclube com cineastas e pesquisadores, das sessões específicas de trabalhos sobre pesquisas no tema e nas oficinas de cinema.